Menu

Publicidade

Seguro Residencial - Saiba Todos os Detalhes Sobre Esta Modalidade!

Sem dúvidas, podemos dizer que o seguro residencial não se trata de uma opção muito popular no Brasil. Afinal, o seguro de carro acaba ganhando mais sucesso dentro do mercado nacional nesse segmento. Contudo, o seguro residencial tem uma grande importância de garantir a segurança de seus bens e também de seus familiares. Afinal, com um plano de seguro para seu imóvel pode ter coberturas para casos de incêndios, queda de raios, enchentes, roubos e vários outros tipos de danos. Porém, o que muita gente não sabe é que essa opção de seguro tem um valor muito barato para garantir coberturas básicas. Por exemplo, um imóvel de R$ 100 mil vai pagar por ano cerca de apenas R$ 300. Confira abaixo como funciona e todos os detalhes do seguro residencial.

Seguro Residencial

Como funciona o Seguro Residencial?

Antes de mais nada, quando se trata de um seguro para sua residência, precisa saber que a cotação pode ser apenas com as coberturas básicas ou com as proteções adicionais para seu imóvel. Desse modo, em quase todos os casos, as coberturas básicas do seguro têm garantia para casos de incêndio, explosões, queda de raios e outras. Contudo, as coberturas podem depender da empresa que oferece o seguro e da região onde o seu imóvel fica. Por isso, na hora de fazer a cotação as empresas levam em conta uma série de pontos para definir os valores. Contudo, em alguns casos as empresas podem até se negar a oferecer um tipo de empréstimo.

Qual a cobertura básica de um seguro residencial?

Incêndio: em caso de incêndio a seguradora paga indenização ao cliente quando o fogo se espalha pela casa destruindo as paredes e os móveis dentro da residência. Por isso, caso você tem um seguro e tenha um incêndio que não se espalhe por outros cômodos. Saiba que não poderá acionar o seguro para cobrir as despesas.

Explosões: em sua apólice de seguro entra apenas as explosões que são causadas pelo gás de cozinha, curto-circuito, panela de pressão e qualquer outro tipo de explosão que quebre parte do teto ou parede. Também, explosões que danifiquem o chão outras partes da estrutura do imóvel podem fazer com que você acione a cobertura do seguro.

Queda de raios: por fim, esse tipo de cobertura permite que aciona o seu seguro quando um raio caia na sua casa e causar um incêndio ou danifique a estrutura do imóvel. Contudo, caso o prejuízo seja de um eletrodoméstico que tenha queimado, não poderá ter reembolso dos danos por parte do seu seguro residencial.

Seguro Residencial

Quais as coberturas com proteção adicional em seguro residencial?

  • Roubo e furto.
  • Danos a itens elétricos do imóvel.
  • Reparo de vidros e espelhos da residência.
  • Inundações, alagamentos ou proteções contra desastres naturais em geral.
  • Em casos de impacto de veículo contra a residência.

Como é feito a cotação de um Seguro Residencial?

Primeiro, saiba que o valor do seguro vai depender muito das coberturas incluídas na apólice pelo cliente. Porém, existem diversos outros pontos que as empresas levam em conta na hora de fazer a cotação de um plano de seguro residencial. Por exemplo, se a casa fica habitada apenas durante nas férias ou se está localizada em um local de risco. Nesses casos as empresas podem não apenas cobrar um valor mais alto pelo seguro.

Mas até se negar a fornecer o seguro, mas tudo vai depender das coberturas e da seguradora onde fizer a sua cotação. Vale deixar claro que o valor de um seguro residência pode variar entre 0,1% a 0,3%. Sendo assim, caso tenha um imóvel com valor venal de R$ 100 mil vai ter cobertura do plano após pagar o valor de seguro entre R$ 100 a R$ 300.

Portanto, não perca mais tempo e use os nossos dados para fazer a cotação do seu seguro residencial e contratar as coberturas que precisa para sua proteção e de sua família.

Recomendados

Termos de Uso / Entrar em Contato / Política de privacidade © 2021 - Todos os direitos reservados.
Nosso site utiliza cookies para garantir que você tenha uma otima experiência. OK | Mais informações