Menu

Publicidade

Seguro Residencial - Conheça as Dúvidas Mais Frequentes!

Hoje em dia, para que uma pessoa compre um imóvel precisa se dedicar e se planejar para fazer esse tipo de investimento. Além disso, é comum que um financiamento para comprar um imóvel comprometa boa parte da renda mensal de uma pessoa. Nesse caso, acaba sobrando poucos recursos para lidar com possíveis imprevistos. Sendo assim, o seguro residencial pode te ajudar a manter o controle dos gastos imprevistos com seu imóvel. Por exemplo, em casos de incêndio, roubos, danos elétricos e assim por diante. Por isso, antes de assinar um contrato de seguro para sua residência deve levar em conta uma série de pontos. Então, pensando em te ajudar, vamos te deixar por dentro das repostas das dúvidas mais frequentes sobre seguro residencial.

 Seguro Residencial

Seguro Residencial

Quais as dúvidas mais frequentes sobre Seguro Residencial?

1-Afina, quando devo fazer um seguro residencial?

Primeiro, todas as pessoas que tem um imóvel deve se atentar para a proteção desse bem o mais rápido possível. Embora o imóvel esteja em uma região segura, pode ter alguns tipos de danos como por exemplo, com os eletrodomésticos. Por isso, em todos os tipos de casos deve fazer um seguro residencial para ter acesso a diversos tipos de proteções.

2- Como escolher uma empresa para contratar o seguro?

Sem dúvidas, existem diversos tipos de condições e empresas nos dias atuais que podemos encontrar no mercado. Sendo assim, ficar indeciso de trata de algo muito natural na hora de escolher uma seguradora para contratar a sua apólice. Dessa maneira, recomenda-se fazer cotação do seguro em pelo menos três empresas para saber a média dos valores. Contudo, deve levar em conta vários outros tipos de pontos na hora de definir o seu contrato. Por exemplo, franquia, se empresa tem autorização da SUSEP, indicações de conhecidos e assim por diante.

3- Posso contratar apenas a cobertura básica?

Tudo vai depender do tipo de proteção que precisa para seu imóvel. Afinal, as coberturas básicas desse seguro tendem a garantir proteção em casos de incêndios, explosões e queda de raios. Sendo assim, caso queira proteção para casos de desastres naturais ou roubo e furto vai precisar contratar proteções além das coberturas básicas. No entanto, busque avaliar apenas as proteções que precisa e negociar com a empresa onde vai fechar contrato.

5- Como acionar o meu seguro?

Após assinar o contrato de aquisição do seu seguro vai receber um cartão com o contrato para ligar em casos de sinistro quando desejar acionar o seu plano de seguro. Dessa maneira, vai precisar apenas ligar para esse contato com seus documentos em mãos. No entanto, hoje em dia existem algumas empresas com sistemas que permite que acione o seu plano de seguro por meio de app ou pelo site da seguradora. Vale lembrar que em grande parte das vezes vai precisar comprovar o sinistro ao acionar o seguro. Então a empresa deve enviar um técnico para fazer um laudo e aprovar as indenizações. Além disso, antes que esse laudo seja feito, não deve contratar ninguém para reparar os danos do local.

5- Qual o valor de um seguro residencial?

Saiba que não existe um valor fixo para esse seguro, e nem um metro quadrado para definir os valores. No entanto, esse tipo de seguro tende a ter o valor entre 0,1% a 0,3% do valor total de venda de um imóvel. Mas, as condições para definir o valor podem variar de acordo com cada empresa, por isso se torna interessante fazer cotação em vários locais antes de fechar contrato.

6- Cobertura para eletrodomésticos e eletrônicos deixam o seguro com valor mais alto?

Esse tipo de cobertura pode sim deixar o valor de seu seguro mais caro. Além disso, o valor pode subir ainda mais caro a empresa considere os bens com valor alto. Porém, não existe uma regra definida sobre esse termo, afinal depende das condições de cada seguradora. Sendo assim, busque falar sobre esse assunto de forma mais detalhada com a empresa que decidir contratar o seu seguro para evitar problemas no futuro.

 Seguro Residencial

7- Em casos de problema com o imóvel do vizinho, quem deve pagar os danos?

Existem alguns casos em que os problemas podem ser com o imóvel o vizinho. Por exemplo em casos de vazamentos que são muito comuns em prédios. Mas, o contrato do seguro que vai definir quem deve pagar pelos danos em cada tipo de situação. Contudo, tenha em mente que o seguro cobre os danos previstos no contrato independente de quem tenha os cometido. Em todos os casos uma vistoria vai ser feita para que um laudo seja liberado para saber se a empresa vai cobrir ou não os gastos do imóvel.

8- Quando a seguradora pode se negar a cobrir os danos no imóvel?

A empresa pode ter o direito de negar pagar pelos danos em seu imóvel caso consiga comprovar que os danos se trata de um erro na estrutura da construção feita. Por isso, o laudo feito pode comprovar se a seguradora paga ou não os valores de indenizações previstas no contrato.

9- Quais as proteções mais comuns dos seguros residência?

De acordo com especialistas, esse seguro tende a ser mais acionado em casos de roubo ou furto. Sendo assim, não deixe de ter essas coberturas para sua apólice. Também os danos elétricos e privação do uso de habitação tendem a estar em seguida na lista das coberturas mais acionadas.

10- O que fazer quando a seguradora não atende meu chamado?

Enfim, caso tenha entrado em contato com a empresa e não obteve resposta, por ir até uma unidade do SUSEP para fazer uma reclamação sobre o ocorrido. Dessa maneira, o órgão entra em contato com a empresa para pedir por respostas. Mas, caso o problema persista, a empresa pode receber uma multa.

Agora que já conhece as respostas para as principais dúvidas sobre o seguro residência. Pode contratar o seu seguro residência para ter todas as proteções que precisa para sua casa. Desse modo, pode garantir as coberturas em casos de imprevistos.

Recomendados

Termos de Uso / Entrar em Contato / Política de privacidade © 2021 - Todos os direitos reservados.
Nosso site utiliza cookies para garantir que você tenha uma otima experiência. OK | Mais informações